domingo, março 16, 2008

18ª - Meia Maratona de Lisboa

Pois é, já lá vai o tempo em que eu chegava à meta antes dos corredores. Não acreditam, mas podem ter a certeza que é verdade.
Agora até sou dos primeiros a marcar presença, mas confesso que sou quase dos últimos a chegar perto da meta. A esmagadora maioria (mais de 30.000) dos atletas, os poucos que vi, foi muito ao longe.
O ambiente foi muito bom, pró ano espero estar cá para repetir
o meu passeio e a reportagem fotográfica que este ano tal como no ano passado, teve algumas peripécias.
Espero que gostem.




























8 comentários:

OBSERVADOR disse...

Imagens que dizem muita coisa e, em alguns casos, domonstrativas de beleza com contornos de descontração.

Mas não percebi esta frase que passo a transcrever:

"Pois é, já lá vai o tempo em que eu chegava à meta antes dos corredores..."

Ou percebi?

nabisk disse...

Caro observador, acho que percebeste.

cabo das tormentas disse...

Afinal em que lugar ficaste nesta maratona?

autopilote disse...

Ora, podemos não ter chegado em primeiro mas para quem partiu quase no fim, a classificação nem terá sido má. Afinal de contas foi sempre a galgar terreno!

nabisk disse...

O cabo das tormentas pode ter a certeza que não fui o ultimo.

Antona disse...

Bella y magica Lisboa.Me encanto
um abraÇo

Isabel-F. disse...

Está fantástica a tua reportagem.

Parabéns...

eu acompanhei a meia maratona pela TV.


beijinhos

ARISTIDES DUARTE disse...

Foste correr com o Sócrates?
Atenção ao sentido da frase... ehehh