terça-feira, janeiro 20, 2009

Anónimo

Em 1980, fui a Monsanto e deparei com este senhor que não deixava de me olhar. Imóvel, e um rosto que não dava para perceber o que me queria transmitir.
Perguntei-lhe se o podia fotografar. Não obtive resposta, mas não resisti, e aqui estou a partilhar com todos a sensação que senti.


5 comentários:

autopilote disse...

Grande foto!

Anónimo disse...

Acho que já vi esta foto há uns bons anos exposta na acabada festa da amizade no Laranjeiro.
Estarei enganado? Ou seria numa outra exposição?

Abraço, jalmac

Observador disse...

Uma foto que "fala".

naki disse...

É uma bela foto. O anónimo transmite um ar de uma vida de trabalho, de cansaço... Se calhar estava com a pinga e estava simplesmente a pensar. "Por onde é a minha casa" Estou a brincar!!

splendid disse...

aiji57
gangguo210
agenting56
baxi59
wulagui77