domingo, janeiro 18, 2009

A Figura

Figura tão querida das gentes do concelho de Penamacor e arredores. Palavras para que? Quem ainda se lembra?


16 comentários:

AC disse...

Não acredito! Parece-me o «Tónio da Aldeia», mas então que idade tem ele? Eu era rapaz e já ele era homem: e eu tenho 71!?

Se estiver certo, lembro-me de ele andar com o pai, invisual e tocador de guitarra: era o «Ti Manel Ceguinho».

Eram duas figuras carismáticas, que estão no meu imaginário juvenil.

Aproveito para cumprimentar o Nabisk, pelo seu muito interessante blogue e pelas suas fotografias excepcionais.

Albertino Calamote

Joaquim Baptista disse...

Realmente é o Tonho da Aldeia. Ainda me lembro bem dele. Caro Albertino o Tonho já morreu há alguns anos

Pedro F. disse...

Também eu,apesar de ser uma geração bastante mais nova, me lembro perfeitamente do Tonho da Aldeia. Há quantos anos!

Parabéns pelo blogue.

http://pedrogaosaopedro.blogspot.com

nabisk disse...

Nesta altura penso que se estava em meados dos anos 90

AC disse...

Obrigado, amigos, pelos esclarecimentos. Sabiam esta do Tonho?
Consta que, andando à esmola com o pai, que era cego, o Tonho sonegou um pedaço de chouriça. Quando pararam para almoçar, entre duas aldeias, o pai disse que lhe cheirava a chouriça, mas o Tonho disse que não tinha recebido nenhuma nas esmolas.
O velho pedia e o Tonho negava. Terminado o repasto, reataram o caminho, e o Tonho, malandro, conduziu o pai contra uma sobreira.
– Raios te partam!, grita o pai.
– Ah!, responde o Tonho, triunfante: – Há bocado cheirava-te a chouriça, mas agora não te cheirou a cortiça?!

Os melhores cumprimentos
ACalamote

Joaquim Baptista disse...

Também a conhecia

Anónimo disse...

"Agora vou cantar, vou cantar uma cantiguinha, para a menina Luisinha que é uma boa rapariguinha" :)

Perguntava-me o nome e depois cantava...

Ah! e disse-me umas quantas vezes que era parecida com um girassol! A mim e a mais uns quantos! :)

Quem se lembra?!!

Que giro!

Adorei relembrá-lo!

Observador disse...

Não conheço.
Mas que tem um ar castiço, tem.

Anónimo disse...

Não havia festa na região sem a presença do Tonho d\Aldeia.

Todos os da minha geração (60)- Benquerença - certamente lembrar-se-ão desta mitica figura com a famosa lata de conserva na mão para quando se aproxima-se alguém mais novo fazer um movimento brusco, fazendo estalar o fundo da dita lata ao mesmo tempo que emitia uma vocalização estranha, com o intuito de assustar, o que conseguia quase sempre apesar de se estar a contar com isso.

Sinto alguma nostalgia desta época e desta personagem.

Um abraço do jalmac.

Anónimo disse...

O Tonho dáldeia!... Talvez o homem do seu tempo mais conhecido da Beira Baixa.Sabia a data de todas as romarias mas fazia questão de só ir àquelas que levavam banda de música.A sua preferida (banda) era a de Peroviseu.Quando andava na Benquerença dormia perto da casa dos meus pais e normalmente era minha mãe que lhe fazia uma miga(que ele gostava muito) para jantar.Foi bom recordá-lo.Um abraço . A.Leitão.

Anónimo disse...

Olha o Tónho dáldeia. Há quantos anos.o Tonho era uma figura carismática muito querida dos benqueridos.Muitas vezes os meus pais costumavam dar-lhe comida e dormida no palheiro.Ficava muito contente e começava logo a cantar umas cantiguinhas para nós filhos/as. Saudades do Tónho

Anónimo disse...

Olha o Tónho dáldeia. Há quantos anos.o Tonho era uma figura carismática muito querida dos benqueridos.Muitas vezes os meus pais costumavam dar-lhe comida e dormida no palheiro.Ficava muito contente e começava logo a cantar umas cantiguinhas para nós filhos/as. Saudades do Tónho

Anónimo disse...

Olha o Tónho dáldeia. Há quantos anos.o Tonho era uma figura carismática muito querida dos benqueridos.Muitas vezes os meus pais costumavam dar-lhe comida e dormida no palheiro.Ficava muito contente e começava logo a cantar umas cantiguinhas para nós filhos/as. Saudades do Tónho

badgil disse...

à granda tonho.....grandes cagaços que ele espetava na malta....fod

superior disse...

allah902
autocrat991
babe911
backbone601
bang511

Anónimo disse...

O Tonho d'aldeia era efectivamente uma pessoa querida por todos. Sempre me lembro de o ver sempre igual....